Confissões Ministeriais

Share Post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Confissões Ministeriais

Por Horatius Bonar

Temos sido carnais e não espirituais. O tom de nossas vidas tem sido baixo e terreno. Tão associados e tão intimamente ligados com o mundo, temos nos acostumado as suas formas. Conseqüentemente, nosso gosto espiritual tem sido viciado, nossas consciências embotadas, e aquela sensível ternura de sentimentos tem se desgastado e dado lugar a uma porção de insensibilidade da qual outrora, em dias mais frescos, acreditávamos sermos incapazes.

Temos sido egoístas. Temos recuado diante do trabalho árduo, das dificuldades e das resistências. Temos nos importado apenas com nossas próprias vidas, bem-estar temporal e conforto tão preciosos para nós. Temos procurado agradar a nós mesmos. Temos sido mundanos e avarentos. Não temos nos apresentado diante de Deus como “sacrifícios vivos”, depositando a nós mesmos, nossas vidas, nossos bens, nosso tempo, nossa força, nossas faculdades, nosso tudo, sobre Seu altar. Parece que temos perdido completamente de vista este principio de alto sacrifício sobre o qual, mesmo como Cristãos, mas muito mais como ministros, somos chamados a agir. Temos tido pouca noção do que quer que venha a ser sacrifício. Podemos ter estado dispostos a ir até o ponto onde o sacrifício foi exigido, mas lá paramos; calculando desnecessariamente, talvez chamando-o imprudente e precipitadamente, para prosseguir adiante. No entanto, não deveria a vida de cada Cristão, especialmente de cada ministro, ser uma vida de total auto-sacrifício e autonegação, tal como era a vida dAquele que “não agradou a si mesmo”?

Temos sido negligentes. Temos estado poupando em nossos labores. Não temos suportado as privações como bons soldados de Cristo. Não temos procurado recolher as migalhas de nosso tempo, de forma que nenhum momento possa ser usado a toa ou desperdiçado em alguma atividade sem proveito. Preciosas horas e dias têm sido gastos na preguiça, em companhias inúteis, em prazeres, em leituras inúteis ou imprestáveis, que poderiam ter sido dedicadas ao closet1, ao estudo, ao púlpito ou a reunião! Indolência, auto-indulgência, inconstância, prazer carnal, tem devorado por dentro nosso ministério como se fosse um câncer, prendendo a benção e estragando nosso sucesso. Temos manifestado muito pouco daquele incansável, abnegado amor com o qual, como pastores, deveríamos ter assistido aos rebanhos que estão comprometidos ao nosso cuidado. Temos alimentado a nós mesmos, e não o rebanho. Temos tratado de forma desleal para com Deus, aquele do qual professamos ser servos.

Temos sido frios. Mesmo enquanto diligentes, quão pouco calor e ardor! A alma inteira não está derramada em seus deveres, conseqüentemente, se reveste tão freqüentemente do repulsivo ar de “rotina” e “formalidade”. Nós não falamos e agimos como homens de verdade. Nossas palavras são débeis, mesmo quando soam verdadeiras; nossos olhares são desatentos, mesmo quando nossas palavras são pesadas; e nosso tom denuncia a apatia na qual ambos, palavras e olhares, estão mascarados. O amor está em falta, o profundo amor, o amor forte como a morte, amor como o que fez Jeremias chorar em lugares secretos. Na pregação e nas visitas, em conselhos e repreensões, quão formais, quão frios, quão pouco carinho e afeto!

Temos sido tímidos. O medo tem, freqüentemente, nos levado a suavizar ou generalizar verdades, as quais, se declaradas abertamente, devem trazer ódio e censura sobre nós. Temos, assim, muitas vezes falhado em declarar ao nosso povo todo o conselho de Deus. Temos nos esquivado de repreender, reprovar e exortar com toda paciência e doutrina. Temos temido indispor amigos, ou despertar a ira dos inimigos.

Temos faltado em solenidade. Quão profundamente devemos ser humilhados por nossa leviandade, frivolidade, irreverência, alegria vã, conversas tolas e gracejos, pelos quais graves danos têm sido feitos as almas, retardando o progresso dos santos, e aprovando o mundo em suas vaidades infames.

Temos pregado a nós mesmos, não a Cristo. Temos buscado aplausos, cortejado a honra, sido avarentos por fama e ciumentos de nossas reputações. Temos pregado muitas vezes, de modo a exaltar a nós mesmos ao invés de magnificar a Cristo; de modo a atrair os olhos dos homens para nós mesmos ao invés de fixá-los sobre Ele e Sua cruz. Não temos por muitas vezes pregado a Cristo com o único propósito de obter honra para nós mesmos? Cristo, nos sofrimentos de Sua primeira vinda e na glória de Sua segunda, não tem sido o Alpha e o Omega, o primeiro e o último, de todos os nossos sermões.

Não temos estudado e honrado devidamente a Palavra de Deus. Temos dado maior proeminência aos escritos do homem, opiniões do homem e sistemas do homem em nossos estudos, do que à Palavra. Temos bebido mais das cisternas humanas do que da divina. Temos nos apegado mais a comunhão com o homem do que com Deus. Conseqüentemente, a forma e a moda de nossos espíritos, nossas vidas, nossas palavras, têm sido derivadas mais dos homens que de Deus. Devemos estudar mais a Bíblia. Devemos mergulhar nossas almas nela. Não devemos apenas colocá-la dentro de nós, mas fazê-la passar através de toda a estrutura da alma. O estudo da verdade em sua forma acadêmica mais que em sua forma devocional, rouba-a de seu frescor e poder, gerando formalidade e frieza.

Não temos sido homens de oração. O espírito de oração tem estado adormecido entre nós. O closet (“quarto reservado para oração” – N. do T.) tem sido tão pouco freqüentado e deleitável. Temos permitido que os negócios, estudo ou atividade laboral interfira em nossas horas no closet. Uma atmosfera febril tem encontrado seu caminho em nosso closet, perturbando a doce calma de sua abençoada solidão. Sono, empresa, visitas inúteis, conversas tolas e gracejos, leituras inúteis, ocupações sem proveito, gastando tempo com o que poderia ser separado para oração. Por que há tão pouco interesse em se tirar tempo para orar? Por que há tanto falatório, mas tão pouca oração? Por que há tanta correria pra lá e pra cá e, todavia, tão pouca oração? Por que há tanta agitação e negócios, porém tão pouca oração? Por que há tantos encontros com nossos semelhantes, mas tão poucos encontros com Deus? Por que tão poucos ficam sozinhos, tão pouca sede das almas por calma, doces horas de inquebrável solidão, quando Deus e Seu filho mantêm comunhão juntos, como se jamais pudessem se separar? É a falta destas horas solitárias que não somente fere nosso próprio crescimento na graça, mas nos faz membros improdutivos da igreja de Cristo, e que torna nossas vidas inúteis. Para crescermos na graça, precisamos muito de estar a sós com Deus. Não é na sociedade, mesmo na sociedade Cristã, que a alma cresce mais rápida e vigorosamente. Em uma única hora de oração silenciosa, elas freqüentemente farão mais progresso que em dias inteiros na companhia de outros. É no “deserto” que o orvalho cai mais fresco e o ar é mais puro. Assim também é com a alma. É quando ninguém, mas apenas Deus está perto; Quando somente a Sua presença, como o ar do deserto no qual não há mistura com a respiração nociva do homem, envolve e permeia a alma; é então que o olho recebe a mais clara e simples visão das certezas eternas; é então que se reúne na alma maravilhoso refrigério e poder e energia. Proximidade com Deus, comunhão com Deus, esperar em Deus, descansar em Deus, têm sido características tão pequenas em nossa caminhada, seja particular ou ministerial. Daí nosso exemplo estar sendo tão impotente, nossos labores tão fracassados, nossos sermões tão fracos2 e todo o nosso ministério tão infrutífero e medíocre.

Tradução por Nelson Ávila; publicado originalmente com o título “God´s Testimony Concerning Man”, na RPM Magazine, no site da Third Millennium Ministries:

http://old.thirdmill.org/magazine/current.asp/category/current/site/iiim

Stay Connected

More Updates

Corpo Docente

PROFESSORES RESIDENTES​

Professores Residentes

Cleyton Gadelha

Diretor Executivo

Formado em Teologia pelo STBB Seminário Teológico Batista Bíblico-NE
Pastor emérito da Igreja Batista de Parquelândia
Professores Residentes

André Luiz Araújo

Deão de Alunos

Formado em Teologia pelo Seminário e Instituto Bíblico Maranata
Convalidação em Teologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Diplomado pelo Instituto Bíblico Eduardo Lane (IBEL).
Pastor titular da Igreja Batista de Parquelândia
Professores Residentes

Felipe Prestes

Formado em Teologia pelo SBC
Mestrando em Novo Testamento pelo Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper/Mackenzie
Igreja Batista Luz do Mundo em Fortaleza-CE.
Professores Residentes

Francisco Macena

Bacharel em teologia pelo Seminário Teológico de Fortaleza (2007); Mestre (2017) em Teologia Sistemática, com concentração de estudos em teologia contemporânea, pelo Centro de Pós-graduação Andrew Jumper (CPAJ); atualmente é doutorando em ministério pelo CPAJ, com concentração de estudos na área de Aconselhamento Bíblico e antropologia bíblica. É ministro da IPB desde 2008 e serve como pastor da IP Cambeba desde 2009; também serve a denominação em áreas de ensino e comissões especiais de pesquisa teológica.
Professores Residentes

Jefferson Oliveira

Formado em Teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon
Pós-graduando em Estudos Teológicos (Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper).
Bacharel em Direito
Igreja Batista
Professores Residentes

Ariel Tidre Ferreira

Formado em Teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon
Pastor auxiliar da Igreja Batista de Parquelândia
Professores Residentes

Aldenor Pacífico Neto

Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB).
Formado em Teologia pela Escola Charles Spurgeon
Mestrando em Estudos Bíblico e Hermenêuticos pelo Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper.
Professores Residentes

Iranildo Medeiros

Formado em Teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon
Pastor da Igreja Bíblica Monte Sião
Fortaleza-CE
Professores Residentes

Gerson Almeida

Engenheiro Civil com Mestrado pela PUC-RJ. Especialização em Estudos Teológicos EAD/Andrew Jumper/Mackenzie (cursando).
Igreja Batista.

PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Larissa Ferraro

COORDENADORA

Administradora de empresas com MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Mestre em aconselhamento bíblico pelo Faith Seminary em Lafayette, Indiana nos EUA.
Conselheira bíblica certificada pela ABCB.
Membro do Biblical Counseling Coalition USA.
Trabalhou por 10 anos como conselheira secular e desde 2010 serve como conselheira bíblica.
Coordenadora do curso de aconselhamento bíblico da Escola Charles Spurgeon.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Fernando Sousa

Vice-Presidente, professor e conselheiro da ABCB – Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos. Membro da equipe pastoral da Igreja Batista de Tupã – SP. Mestre em Psicologia Educacional, Especialista em Psicologia Pastoral, Licenciado em Filosofia e Pedagogia. Graduado em Teologia.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Sacha Mendes

Alexandre Mendes, também conhecido como “Sacha”, é um dos pastores da Igreja Batista Maranata em São José dos Campos, SP. Sacha é bacharel em economia pela Universidade São Paulo, bacharel em teologia com ênfase em ministério pastoral pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida, mestre em Aconselhamento Bíblico – M.A. – pelo The Master’s College (Santa Clarita, CA, EUA), mestre em divindade – M. Div. – pelo Faith Bible Seminary (Lafayette, IN, EUA) e doutorando em ministério com ênfase em exposição bíblica – D. Min. – pelo Southeastern Baptist Theological Seminary (Wake Forest, NC, EUA). É co-autor dos livros “O namoro e o noivado que Deus sempre quis” (2013) e “Perguntas e respostas sobre o namoro e noivado que Deus sempre quis” (2015), ambos pela editora Hagnos. Sacha atua como diretor para visão e expansão da Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos (ABCB) e membro do conselho diretor da Biblical Counseling Coalition (BCC).
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Wallace Juliare

Bacharel em Teologia pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (1996) e pela Faculdade Sul Americana (2010). Mestre em Ministérios Eletivos pelo SBPV (2008). Mestrando em Aconselhamento Bíblico pelo Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP). Professor na área de Teologia Bíblica e Exegese do Novo Testamento; e nas áreas de Vida Cristã e Família, no programa de Graduação do CETEVAP. Professor na área de Aconselhamento Bíblico no programa de Pós Graduação da SEBI. Pastor no Templo Batista Biblico.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Randal Richner

BA Cedarville University, MA Grand Rapids Baptist Seminary, MA em Aconselhamento Biblico Faith Bible Seminary, 4 anos como pastor auxiliar de Washington Baptist Church, Indiana (92-95), Missionario ABWE International (1996 – presente) – pastor e missionario em Ivoti, RS Brasil – casado com Cintia (1992) – 3 filhos – Ariana, Joel, Jason.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Eugênio César Castilho

Formação em Psicologia (UMC);
Bacharel em Teologia (STG); Mestrando em Aconselhamento Biblico (CETEVAP/SEBI);
Treinamento em Aconselhamento Bíblico (NUTRA);
Treinamento em Aconselhamento Cristão (FLAM).
Professor nos cursos de Aconselhamento Biblico NUTRA(SP e RJ);
CAB Atibáia.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Carlos Bacoccina

Professor da ABCB. Formado em Teologia pelo Seminário Batista Logos. Pastor da Igreja Batista Regular em Jd. Tremembé – São Paulo.
Professor do Seminário Batista Logos. Capelão e educador do Colégio Betel Brasileiro.
Fundador e Conselheiro do CAD (clinica de Aconselhamento e Discipulado).
Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Jenuan Lira

Pastor da Igreja Bíblica Batista do Planalto, Diretor da Missão Maranata;
Bacharel em Teologia pelo Seminário Batista do Cariri;
Licenciado em Letras pela UECE;
Mestrando em Aconselhamento Bíblico pela Master’s University.
PROFESSORES PARA O CURSO DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO

Timothy Blazer

Missionário da ABWE. Pastor da Igreja Bíblica Batista do Eusébio. Bacharel em Educação Religiosa pela Cornerstone University – Grand Rapids, MI. Mestre em Ministério Pastoral pelo Grand Rapids Theological Seminary – Grand Rapids, MI.

PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Tiago Abdalla

Mestrado em Teologia e Exposição do A.T no Seminário Bíblico Palavra da Vida
Estudou Master of Arts in Biblical Studies no Seminário Teológico Servo de Cristo
Bacharel em Teologia na Faculdade Teológica Sul Americana
Bacharel no Seminário Bíblico Palavra da Vida
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Antonio Neto

Formado em Teologia pelo SBC
Mestrando em Teologia Sistemática
Pastor Batista
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Wilson Porte Jr

Formado em Teologia pelo Seminário Palavra da Vida. Mestre em Teologia-Histórica pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper – Universidade Mackenzie. Professor no Seminário Martin Bucer e também pastor da Igreja Batista.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Leandro Pasquini

Bacharel em Teologia com ênfase pastoral e Educação Cristã (SBPV)
Mestrando em Teologia Histórica (Centro de Pós-Graduaçã Andrew Jumper)
Especialização pastoral (Capitol Hill Baptist Church)
Fundador e professor do curso “Imersão na Palavra”
Bacharel em Publicidade e Propaganda (PUC Campinas / ULBRA Canoas)
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Marcos Granconato

Professor do Seminário Palavra da Vida de Atibaia-SP por mais de 20 anos. Mestre em Teologia Histórica pelo Andrew Jumper/ Universidade Mackenzie. Autor de: “A Essência do Evangelho de Paulo” (Comentário de Gálatas), “Eles falaram sobre o inferno”, “A Prática da Igreja de Deus”. Pastor da Igreja Batista e Bacharel em Direito.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Franklin Ferreira

Formado em Teologia pela Universidade Mackenzie e Mestre em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul. É diretor e professor do Seminário Martin Bucer, é consultor acadêmico de Edições Vida Nova. Autor de: A Igreja Cristã na História, O Credo dos Apóstolos e Teologia Sistemática: uma análise histórica, bíblica e apologética (este em coautoria com Alan Myatt), publicados por Edições Vida Nova.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Jonas Madureira

Jonas Madureira é Formado em Teologia pelo Seminário Betel Brasileiro e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Bacharel e Mestre em Filosofia pela PUC-SP e Doutor em filosofia pela USP e pela Universidade de Colônia, Alemanha. É editor de Edições Vida Nova. Leciona teologia sistemática, apologética e exposição bíblica do AT e do NT no Seminário Martin Bucer.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Gaspar de Souza

Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB). Formado em Teologia pelo SPN, onde atua como professor nas áreas de Teologia Exegética e Apologética. O Prof. Gaspar também é Mestrando pelo Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper nas áreas de Teologia do Antigo Testamento e Teologia Filosófica.
(Professor Visitante).
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Dr. Jean Marques Regina

Advogado desde 2004, professor, escritor e ensaísta. Graduado pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA (2004). Membro da OAB/RS, inscrito sob o n. 59.445, membro da OAB/SP, inscrito sob o n. 370.335. Pós-graduado em Estado Constitucional e Liberdade Religiosa pela Universidade Mackenzie, em parceria com a Universidade de Oxford (Regent’s Park College) e pela Universidade de Coimbra (Ius Gentium Conimbrigae/Centro de Direitos Humanos) (2017). Pós-graduado em Teologia e Bíblia pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). Professor em diversos cursos de Direito Religioso. 2º. Vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Religião – IBDR. Coordenador do corpo de juristas das Igrejas Históricas Protestantes Brasileiras para estudos de Direito Eclesiástico. Colunista da Gazeta do Povo – coluna “Crônicas de um Estado Laico”. Colunista dos blogs “Voltemos ao Evangelho” e “Gospel Prime”. Articulista na Revista de Teologia Brasileira / Vida Nova, Burke Instituto Conservador e Mensageiro Luterano. Advogado aliado da Alliance Defending Freedom (EUA), maior entidade de advogados cristãos do mundo, Fellow Alumnus da Acton Institute (EUA). Co-autor da obra: Direito Religioso: questões práticas e teóricas e de outras obras em coletâneas.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Dr. Thiago Rafael Vieira

Advogado desde 2004, professor, escritor e ensaísta. Graduado pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA (2004). Membro da OAB/RS, inscrito sob o n.º 58.257 (2004), membro da OAB/SC inscrito sob o n.º 38.669-A e membro da OAB/PR inscrito sob o n.º 71.141, especialista em Direito do Estado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2005). Pós-graduado em Estado Constitucional e Liberdade Religiosa pela Universidade Mackenzie, em parceria com a Universidade de Oxford (Regent’s Park College) e pela Universidade de Coimbra (Ius Gentium Conimbrigae/Centro de Direitos Humanos) (2017). Pós-graduado em Teologia e Bíblia pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). Professor visitante da ULBRA e em diversos cursos de Direito Religioso. Presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Religião – IBDR. Colunista da Gazeta do Povo – coluna “Crônicas de um Estado Laico”. Colunista dos blogs “Voltemos ao Evangelho” e “Gospel Prime”. Articulista na Revista de Teologia Brasileira / Vida Nova, Burke Instituto Conservador, Mensageiro Luterano e Instituto Liberal. Vice-presidente do Instituto Cultural e Artístico Filadélfia – ICAF e atualmente é Conselheiro Fiscal da Igreja Batista Filadélfia de Canoas/RS. Co-autor da obra: Direito Religioso: questões práticas e teóricas e de outras obras em coletâneas.
PROF. CONTEÚDO ONLINE + PROF. VISITANTES​

Filipe Santos

Graduado em Direito (UCAM) e Teologia (SBPV), mestre em Teologia Histórica (Andrew Jumper/Mackenzie) e Exposição Bíblica (DTS), concluindo doutorado em Estudos Bíblicos pela Universidade Livre de Amsterdam. Serviu como missionário na Hungria e na Coréia do Sul durante oito anos. Atualmente vive em Atibaia, SP, onde trabalha desde 2020 como professor e coordenador dos programas de mestrado e pós-graduação do Seminário Bíblico Palavra da Vida.

COORDENAÇÃO

COORDENAÇÃO

Hélio Sales

Coordenador do Dpto. Online

Graduando-se em Teologia pela Escola Charles Spurgeon.
Formado em arquitetura e urbanismo pela Universidade de Fortaleza.
Coordenador do Dpto. Online da ECS
COORDENAÇÃO

Cláudia Carioca

Coordenadora Pedagógica

Doutora em Linguística e Graduada em Letras pela Universidade Federal do Ceará.
Pós-Doutorado em Linguística.
Igreja Batista.
COORDENAÇÃO

Suely Coelho

Coordenadora Geral

Graduada em Filosofia.
Igreja Batista

CONSELHO

Cleyton Gadelha

André Luiz Araújo

Ariel Tidre Ferreira

Paulo Sérgio Cruz

Marcus Peter Dimarães

Renir Campos

Raquel Gadelha da Paixão